Portal Desentupidora - As principais Desentupidoras em São Paulo
  • Onde você está:
  • Home
  • O que é esgotamento?

O que é esgotamento?

Compartilhe

Entupimentos

O esgoto, segundo definição da norma brasileira NBR 9648 (ABNT, 1986) é o "despejo líquido constituído de esgotos doméstico (como lavagem de roupa, de utensílios de cozinha e de pisos, banho, descarga de vasos sanitários, entre outros), industrial (água proveniente das atividades industriais e comerciais de grande porte, tais como shoppings, petroquímica, siderúrgicas, indústrias têxteis, matadouros, cervejarias, entre outros), água de infiltração (proveniente do subsolo) e a contribuição pluvial (água das chuvas)".

Segundo dados do censo demográfico 2010 realizado pelo IBGE com relação ao índice de atendimento à população, 88,9% das residências urbanas possuem saneamento adequado e 10,9% semi-adequado. A própria natureza possui a capacidade de decomposição da matéria orgânica presente nos rios, lagos e no mar. Porém, no caso esgoto, exige-se um tratamento mais eficaz em uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).

Acompanhe as próximas informações e saiba mais sobre o assunto:

Onde começa o esgotamento?

Ao se abrir uma torneira de pia, de chuveiro ou acionar uma descarga, é iniciada a formação de esgotos. Assim, é necessário que cada morador peça a ligação da sua residência à rede coletora para que assim, ele contribua com a saúde pública.

Esgotos ao ar livre

Nos lugares onde existem esgotos ao ar livre ou fossas, o mau cheiro e a sujeira proliferam juntamente com o lixo, o que gera ratos, baratas e muitas bactérias prejudiciais à saúde. Com isso, há o aumento de doenças, como verminose, hepatite, disenteria, leptospirose, cólera, dengue e muitas outras. Quando a água não recebe o devido tratamento, ela também pode poluir rios e fontes, afetando os recursos hídricos e a vida vegetal e animal.

Estações de Tratamento de Esgoto

Buscando evitar esses danos à saúde pública e ao meio-ambiente, existem as Estações de Tratamento de Esgoto que são responsáveis pelo esgotamento sanitário dentro de uma determinada localidade. Após sair das residências e passar pela rede coletora por meio de um longo sistema de tubos subterrâneos, o esgoto é levado para ser tratado, podendo, assim, ser devolvido ao meio-ambiente e lançado em rios, lagos ou no mar. Esses processos podem ser físicos, químicos e biológicos.

Esgotamento seguro e eficaz

Com a expansão demográfica e o desenvolvimento tecnológico ocorre o aumento de consumo de água e, consequentemente, a ampliação do volume de esgoto. Por isso, é cada vez mais importante a ação de limpeza da água que cai no esgotamento.

Para que esse esgotamento ocorra com rapidez e segurança é necessário realizar a construção de uma estrutura com canalizações coletoras funcionando por gravidade, unidades de tratamento e de recalque, obras de transporte e de lançamento final. Esse conjunto de obras para coletar, transportar, tratar e dar o destino final adequado às vazões de esgotos são denominados Sistema de Esgotos.